psicose

psicose

domingo, 16 de novembro de 2014

O TERROR PODE SE REINVENTAR? SIM!

O TERROR PODE SE REINVENTAR? SIM!

O gênero terror sempre cai na monotonia depois de um tempo. Seja com filmes de zumbis, slashers, vampiros, espíritos, exorcismos, etc..ele sempre vai cair na mesmice com o passar dos anos. Mas será que ele pode ressurgir das profundezas da monotonia? Sim, ele pode!
Depois que James Wan nos presenteou com o fantástico "Jogos Mortais" de 2004, ficamos esperançosos com o que viria pela frente, porém, já haviam aparecido algumas obras de terror dignas de boas críticas, destaque para o filme de baixo orçamento no estilo 'found footage' de nome "A Bruxa de Blair"(2000), e para o fabuloso filme "O Chamado"(2002). Mas, o tempo passou.... e a espera por coisas novas só foi crescendo. Confira agora alguns destaques desse gênero que sempre nos surpreende:



Dentre a imensa lista de filmes do subgênero “found footage”, pouca coisa pode ser considerada tão boa quanto V/H/S!

V/H/S (2012)


Quando A Bruxa de Blair” foi lançado, no longínquo ano de 2000, o mundo ficou impressionado com seu novo estilo de assustar as pessoas: uma câmera perdida, o que soava como se tudo aquilo fosse uma coisa real. Com o passar dos anos, os filmes nesse estilo foram se tornando mais comuns (temos como exemplo, os ótimos Cloverfield” e “R.E.C) e a idéia foi se desgastando um pouco devido ao grande numero de produções nesse formato.Mas em 2012 foi lançado V/H/S e isso trouxe um novo fôlego para os amantes de filmes de terror e filmes found footage. A trama começa quando um colecionador, meio pirado, de filmes contrata um bando mais pirado ainda, para invadir uma casa e encontrar um certo VHS. Ao chegarem no devido lugar não encontram uma fita, e sim uma coleção enorme de vários filmes juntamente de um cadáver. Resolvem então assistir as fitas para verem do que se trata, e é com essas fitas que o filme se desenvolve.
A questão aqui é que este filme é bom…mais que isso… é excelente. Pelo menos essa é a opinião quase unânime de dezenas de sites especializados em cinema, de terror ou não, que já tiveram o prazer de ter acesso a ele.
Sinopse V/H/S: Em V/H/S, os autores apresentam, em formato de histórias curtas, um grupo de criminosos contratado para roubar uma fita de video-tape, a famosa VHS, que está em uma misteriosa coleção de filmes. Ao encontrar a coleção, no entanto, os ladrões vão perceber que o acervo macabro de VHS esconde muito mais do que eles podiam imaginar.


Título Original: V/H/S
Ano: 2012 • País: EUA
Direção: Matt Bettinelli-Olpin, David Bruckner, Tyler Gillett, Justin Martinez, Glenn McQuaid, Radio Silence, Joe Swanberg, Chad Villella, Ti West, Adam Wingard
Roteiro: Brad Miska, Simon Barrett, David Bruckner, Nicholas Tecosky, Ti West, Glenn McQuaid, Simon Barrett, Radio Silence, Matt Bettinelli-Olpin, Tyler Gillett, Justin Martinez, Chad Villella
Produção: Roxanne Benjamin, Gary Binkow
Elenco: Calvin Reeder, Kentucker Audley, Adam Wingard, Simon Barrett, Hannah Fierman, Joe Sykes, Jas Sams, Joe Swanberg, Sophia Takal
Não assista esperando uma grande produção, grandes atuações ou explicações nos mínimos detalhes. Assista esperando algo novo, algo diferente da enxurrada de clichês que os filmes de terror atualmente estão se tornando.
TRAILER LEGENDADO:




V/H/S 2 (2013)




Seguindo o mesmo esquema do primeiro filme; uma coletânea de curtas de terror simultâneas sem relação um com o outro e cada um dirigido por um diretor diferente e com temas variados, com o foco no terror gravado no estilo found footage. Não só é uma das melhores continuações já feitas como um dos melhores dos últimos anos e um dos destaques de 2013. Um filme insano, criativo e ousado.
Sinopse:
A história segue à risca o original, tendo como cenário uma casa abandonada onde dois investigadores particulares procurando por um estudante desaparecido, encontram outra coleção de fitas VHS misteriosas. Ao assistir os conteúdos tenebrosos de cada videocassete  repletos de sangue, violência, nudez, sadismo e criaturas monstruosas , eles percebem que pode haver motivos terríveis por trás do desaparecimento do rapaz.  



Ficha Técnica:
Direção: Simon Barrett, Jason Eisener, Gareth Evans. Gregg Hale, Eduardo Sánchez, Timo Tjahjanto, Adam Wingard
Gênero: Terror/Suspense
Duração: 96 min
Origem: EUA/Canadá/ Indonésia            
Elenco: Kelsy Abbott, Hannah Al Rashid, Fachry Albar 

TRAILER LEGENDADO:


V/H/S VIRAL (2014)



Existem algumas coisas que você passa a aceitar assistindo os segmentos dos filmes V/H/S.
 1 – Vai ter muito sangue. 2 – Eles vão encontrar uma forma interessante de fazer as pessoas continuarem gravando. 3 – Haverá uma história que tomará um rumo totalmente inesperado. Eu adorava e estava atado à este conceito de V/H/S, este novo surge com uma execução meio desajeitada e não muito bem montada. V/H/S 2 foi ótimo, mas V/H/S: Viral deixou algo no ar.
 A dinâmica do envolvimento está bem melhor que antes, mas o filme caminha progressivamente para  baixo com a chegada de seu clímax. O filme no final das contas, funciona como um vídeo viral, daqueles que te deixa empolgado para ver até o fim. Não é o melhor da trilogia mas também não é um filme ruim. O filme pode desapontar algumas pessoas pois alguns episódios são complicados de entender, muitos que esperavam um gran finale neste terceiro capítulo vão ficar perdidos, ainda mais porque a qualidade dos segmentos tiveram um aumento significativo de V/H/S para  V/H/S 2, as expectativas estavam no topo. Mas no fim é um bom filme, afinal, só por que é diferente não significa que seja ruim.



Sinopse:
“Adolescentes obcecados pela fama determinados a capturar o próximo vídeo viral descobrem que são estrelas na mais recente sensação da internet. V/H/S VIRAL é o terceiro e mais intenso filme da inovadora franquia de terror dos mais famosos cineastas do gênero.”
Marcel Sarmiento (Deadgirl, ABC da Morte), Nacho Vigalondo (Timecrimes, Extraterrestrial), Gregg Bishop (The Other Side, Dance of the Dead), Todd Lincoln (The Apparition), Justin Benson e Aaron Moorhead (Resolution, Spring) dirigem os segmentos. 
TRAILER LEGENDADO:



O Segredo da Cabana (2012)


"O Segredo da Cabana" é um filme de terror de sucesso, que também recebeu grande aclamação da crítica. Muitos apreciaram o filme por sua sagacidade, humor e originalidade, o enredo do filme. Considerado "inovador" e uma "virada de jogo" por críticos de cinema, "O Segredo da Cabana" contém muitos elementos clássicos de filmes de terror e acrescenta novos elementos interessantes à mistura. Eles continuamente referem-se e comentam sobre o gênero filme de terror, elogiando alguns dos seus aspectos, enquanto zombando dos muitos clichês que são encontrados no gênero. A trama básica já foi vista muitas vezes, visto que ela envolve zumbis correndo atrás de adolescentes que são tão burros e genéricos que você mesmo quase quer que eles morram. No final, "O Segredo da Cabana" transforma-se em uma metáfora.

À primeira vista, os personagens do filme são cheios de clichê, a tal ponto que é absurdo. Temos o atleta típico, a típica garota da sacanagem, o maconheiro típico, o cara chato e inteligente, e a virgem puritana e tímida. Esses adolescentes são propositadamente genéricos sem falar na monotonia de personagens em filmes de terror ruins, mas, ao desenrolar da história, nós descobrimos que eles também foram selecionados e manipulados por uma organização para incorporar plenamente arquétipos específicos, a fim de completar um ritual.


O filme foi um sucesso de crítica e financeiro recebendo críticas positivas, apresentando no Metacritic na lista de melhores filmes de 2012 e arrecadou mais de U$65 milhões dólares americanos em todo o mundo.

NomeO segredo da Cabana (The Cabin in the Woods)
Lançamento2011
GêneroTerror, suspense, ficção científica, comédia
Sinopse: O primo de Curt tem uma casa no meio de uma floresta, afastada de toda a tecnologia, justamente o que Curt e seus amigos (Jules, Dana, Holden e Ronald) estão a procura. A cabana é isolada de tudo e aparentemente tinha outra função que não de moradia em outros tempos. Mas o que era para ser somente um momento de muita curtição entre a turma, acaba se transformando em algo que suas mentes jamais imaginariam.

Elenco


  • Adrian Holmes
  • Anna Hutchison
  • Bradley Whitford
  • Brian J. White
  • Chelah Horsdal
  • Dan Payne
  • Fran Kranz
  • Jesse Williams
  • Jodelle Ferland
  • Kristen Connolly
  • Maja Stace-Smith
  • Maya Massar
  • Nels Lennarson
  • Richard Cetrone
  • Tom Lenk









'O SEGREDO DA CABANA' É RICO EM REFERÊNCIAS POP:

Atenção - Alerta de SPOILER: só assista este trailer se você já viu o filme:

TODAS AS REFERÊNCIAS EM 'O SEGREDO DA CABANA':





A Centopeia Humana (2009)




Título Original: The Human Centipede - First Sequence
Ano: 2009 • País: HOLANDA
Direção: Tom Six
Roteiro: Tom Six
Produção: Ilona Six, Tom Six
Elenco: Dieter Laser, Ashley C. Williams, Ashlynn Yennie, Akihiro Kitamura, Andreas Leupold, Peter Blankenstein, Bernd Kostrau, Rene de Wit, Sylvia Zidek

A cada dois ou três anos, o gênero terror elege um filme para ser tratado pela imprensa como a produção mais assustadora ou polêmica já realizada por um cineasta. Se olharmos para os últimos 10 ou 15 anos, não é difícil encontrar alguns exemplos. No entanto, nem sempre o título de “obra mais assustadora do mundo condiz com a realidade. O último representante desta categoria foi o duvidoso e aclamado Atividade Paranormal.
O filme que foi considerado pela imprensa o sucessor de Atividade Paranormal é uma produção européia e que responde pelo curioso título de The Human Centipede: First Sequence, ou A Centopéia Humana: Primeira Sequência, em tradução direta. Com direção do pouco conhecido holandês Tom SixThe Human Centipede narra a história de duas garotas norte-americanas que estão de férias na Alemanha e que, perdidas, acabam indo pedir ajuda na casa de um médico que mora em uma área isolada. A partir desta introdução mais do que previsível, as duas são dopadas pelo médico apenas para descobrirem que serão vítimas de uma experiência nada comum.

Um ponto bastante positivo do filme é que diferente do formato tipicamente americano, no qual um grupo de jovens provavelmente tentaria fugir do vilão durante todo o filme, Tom Six não perde tempo e parte logo para a sinistra operação. Ou seja, os três são dopados e operados, com exceção de uma rápida cena na qual uma das americanas tenta fugir. A partir de então, o filme se concentra em acompanhar a tal centopéia humana e a sua relação com o médico alemão.

Assistir The Human Cetipede é uma daquelas experiências cinematográficas nas quais os sentimentos e sensações do público são trabalhados durante a história. No entanto, após a exibição, é possível quase se questionar o motivo do diretor não ter ido mais além com algumas questões, o que com certeza teria feito da Centopéia Humana realmente uma obra prima do gênero.
The Human Centipede faz parte de um projeto triplo. Já foi lançada uma parte 2 intitulada The Human Centipede II – Full Sequence, com uma sequência composta de 12 pessoas. Fujam dessa sequência pois é um tapa na cara dos fãs do primeiro filme.
TRAILER LEGENDADO:




segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Cine FECAP exibe o clássico de Alfred Hitchcock "Psicose"

No embalo do Halloween, Cine FECAP exibe o clássico de Alfred Hitchcock




No sábado (08/11) o famoso filme “Psicose”, de Alfred Hitchcock, é obra cinematográfica que o Cine FECAP exibirá às 14 horas no campus Liberdade da FECAP (avenida Liberdade, 532) com entrada franca.

A película representa muito bem o clima de terror sem perder a classe e oferecendo principalmente cultura, acessível a todos, com direito a pipoca.
Psicose” foi filmado com um orçamento extremamente baixo, se comparado às outras obras do mesmo diretor, mas isso não impediu o sucesso de bilheteria. Classificado entre os melhores filmes de todos os tempos, foi indicado ao Oscar de melhor atriz coadjuvante, para a atriz Janet Leigh, e melhor diretor para Hitchcock. O brilhante diretor, muito conhecido e renomado principalmente nesse gênero de filme, mudou a visão das pessoas sobre o terror.
A cena em que Marion Crane (Janet Leigh) é assassinada no banheiro enquanto toma banho virou sinônimo de terror e suspense e, apesar de ter sido filmada em 1960, é até hoje relembrada por muitos quando assunto é esse.

(Famosa cena do chuveiro)


Muitos já conhecem a cena ou já ouviram falar, mas nunca assistiram ao filme. Essa oportunidade, disponibilizada pela FECAP, vai trazer, além do clássico, um debate sobre o filme no final. Agregando ainda mais conhecimento sobre essa obra tão famosa.

video

Sobre o Cine FECAP
O CineFecap é uma atividade de extensão da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP) para exibição gratuita dos clássicos da indústria cinematográfica desde 2008. As sessões discutem ainda assuntos da atualidade alicerçados pelos filmes apresentados. Como atividade de extensão é aberta a todos os alunos e comunidade em geral, com o propósito de despertar e instigar nos participantes a consciência crítica que a sétima arte pode trazer em seu conteúdo.
Serviço


CineFECAP – Filme: “Psicose”, de Alfred Hitcock
Quando: Dia 8 de novembro de 2014 – 14 horas
Local: FECAP – Campus Liberdade (avenida da Liberdade, 532) – Sala 131C
Entrada gratuita – inscrições no site http://www.fecap.br/cinefecap/